sexta-feira, 21 de setembro de 2012

QUANTAS VEZES FALAMOS QUE ESTAMOS COM FOME E RECUSAMOS

Constantemente falamos que temos fome de Deus, que estamos famintos por Deus, o problema é que não sabemos o que é fome! O que é sentir fome de verdade.
 A maioria de nós faz de 3 à 4 refeições diárias e no intervalo entre uma e outra costumamos dizer que estamos com fome, que estamos famintos. É essa "fome" que temos levado para o âmbito espiritual e dizemos que temos "fome" de Deus, MENTIRA! O que sentimos não é e nem nunca foi fome, o que sentimos é vontade de "beliscar", algo, de comer algo que temos vontade e que gostamos, e com isso o máximo que temos conseguido é justamente isso "beliscar" Deus, nada muito contundente de verdade, nós somente o beliscamos não o agarramos.
 Fome  de verdade é o que sente uma criança que mora em um bairro carente e que só tem uma refeição por dia, isso quando tem. Fome é o que uma criança do sertão nordestino passa, que muitas vezes por não ter comida em casa se alimenta da RAÇÃO do gado que já morreu a muito tempo por não ter pasto. Fome é o que sente as pessoas que moram em países pobres, países castigados pela guerra, países afligidos por anos de uma ditadura tirana e cruel e que DEPENDEM da ajuda de organizações humanitárias para conseguirem sobreviver, essas pessoas sim, sabem o que é ter fome, sentir fome e PASSAR fome! Nós não!!!
 Quantas vezes falamos que estamos com fome e recusamos um prato com arroz e feijão?
 Uma pessoa faminta não escolhe o que comer, o ditado é verdadeiro "quem tá com fome come a té pedra", mas nós escolhemos o que queremos. Outro ditado verdadeiro diz: "nós temos reclamado de barriga cheia".

A alma farta pisa o favo de mel, mas pra alma faminta todo amargo é doce.
Provérbios 27.7


Então amados, é essa a fome de Deus que a maioria de nós sente.

 Falamos que temos fome de Deus, mas só vamos no culto quando queremos e só PRESTAMOS culto quando temos vontade. Falamos que temos fome de Deus, mas a nossa oração não dura 5 minutos, isso quando lembramos de orar. Falamos que estamos famintos, mas é mentira, sabe porque?

 Porque nossas Bíblias nos provam isso!
 Nossas Bíblias estão empoeiradas, cheias de mofo e bolor, e porque?
 Porque simplesmente nunca pegamos elas para ler, para meditar, para saciar a "fome" imensa que dizemos sentir!!!
 O dia em que sentirmos fome, o dia em que soubermos o que é fome de verdade correremos para os pés do senhor, correremos e nos agarraremos aos seus pés e não mais os soltaremos. devoraremos como nunca as nossas Bíblias, oraremos todos os dias por horas a fio, ficaremos como famintos diante da sala do banquete, ansiosos e desesperados por tomarmos logo nossos lugares à mesa. O dia em que sentirmos fome de verdade não iremos mais chegar atrasados para o culto. o dia em que ficarmos famintos de verdade nesse dia, nesse dia o avivamento cairá sobre nós repentinamente.
 Enquanto o conforto, a satisfação, a preguiça forem mais poderosos que a fome que sentimos, então o que sentimos é capricho e não fome de verdade.
 Os famintos fazem loucuras para saciar a sua fome, quem ta faminto não se contenta com as migalhas que caem da mesa, quem ta faminto quer o prato que está em cima da mesa.
 O dia em que sentirmos fome de verdade, com certeza nesse dia o Senhor nos satisfará.
 se isso ainda não tem acontecido é porque o que sentimos ainda não é fome, é simplesmente vontade de comer alguma coisa, é vontade de fazer um lanchinho, mas ainda não é a fome que o senhor espera de nós!
Óh Senhor, dai-nos fome por ti!
 
Fonte: SEMIADECIN

3 comentários:

  1. Boa tarde Daine, excelente trabalho, parabéns...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pena que muitos não acreditam que o Senhor JESUS está voltando.

      Excluir
  2. Boa tarde Daine, excelente trabalho, parabéns...

    ResponderExcluir